Mercado farmacêutico: negócio próprio ou franquia, qual a melhor opção?

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
mercado farmacêutico: homem de jaleco branco em frente à prateleiras de medicamentos

Qual a melhor opção para quem quer investir no mercado farmacêutico? Montar uma farmácia nunca foi tão acessível e lucrativo — dependendo de como você faz isso. 

Mesmo em momentos de crise, a indústria farmacêutica continua firme e forte. Muito se deve ao aumento da expectativa de vida do brasileiro, que acarreta na utilização de mais remédios pela população idosa, que cresce mais a cada dia.

Apesar disso, começar um novo negócio não é uma das tarefas mais simples. Por isso, uma dúvida é sempre comum: “devo investir em uma franquia ou montar minha própria farmácia? 

Bem, vamos ajudar. Leia nosso post e veja como nunca foi tão fácil tomar essa decisão.

Vamos lá!

O mercado farmacêutico: farmácia própria ou franquia?

Veja abaixo nossas ponderações sobre cada um dos tipos de negócios.

Montar farmácia própria

Começamos pela criação do negócio, que é complexa, demorada e bastante burocrática. Isso envolve desenvolvimento de plano de negócios, com análise de viabilidade do ponto, do mercado, dentre outros fatores. 

É claro que você precisará de ajuda, de um contador ou um advogado — ou até mesmo de ambos. Então vem o processo de obter a documentação necessária e correta para que o estabelecimento funcione, lembrando que qualquer irregularidade significa atraso para o início programado das operações. Além de ser oneroso para o empreendedor. 

Já com o empreendimento funcionando, vem a parte que talvez seja a mais difícil: construir uma marca de confiança. Sabemos que a novidade atrai, mas depois que deixa de ser novidade, corre o risco de ser deixada de lado pelas marcas mais tradicionais. O mercado farmacêutico é assim, não podemos dizer o contrário. 

Além disso, tem a concorrência entre os nomes mais conhecidos e tradicionais, que pode deixar a nova farmácia bem de escanteio. 

Adquirir uma franquia de farmácia

A franquia de farmácias oferece vantagens em relação a montar uma farmácia própria. 

O principal é que parte dos aspectos mencionados acima não serão preocupações para o franqueado. 

Como é um tipo de negócio que já tem um plano de negócios definido, o franqueado investe em um negócio que exige menos burocracia e que já está consolidado. Também há, eventualmente, a opção de adquirir um negócio já em andamento e só dar continuidade. 

Dentre os principais benefícios estão:

  • não é preciso saber como montar uma farmácia, pois a estrutura inicial é toda disponibilizada pela franqueadora (no entanto, para operar é preciso muito conhecimento. Caso o franqueado não seja farmacêutico, é preciso que ele tenha junto dele esse profissional);
  • a franqueadora auxilia dando suporte na gestão, com as vendas, finanças e o marketing;
  • o franqueado não precisa se preocupar em fazer as compras, pois a franquia (e esse é um diferencial da Santa Marta Franquia) tem um sistema de reposição automática.

Como fica o contato com os fornecedores?

Bem, você viu nos benefícios que uma das vantagens da franquia Santa Marta é o sistema de reposição automática. Assim, o franqueado pode direcionar seu tempo e sua atenção a outros aspectos do negócio. 

Já quando a farmácia é criada por conta própria, é preciso conhecer e contatar fornecedores, além de toda a logística que isso envolve — avaliar estoque e levantar os produtos necessários para reposição. E sabemos que isso demanda um tempo que, muitas vezes, o empreendedor precisa gastar em outro tipo de função. 

O que considerar para tomar a melhor decisão

Se é o seu desejo investir em um negócio próprio e obter lucratividade total de seu trabalho, vai precisar decidir sobre essas duas opções. 

Se for criar uma nova empresa,  precisa estar ciente de que assumirá os riscos que envolvem esse investimento. É bom lembrar também que, neste caso, os lucros são só seus (e de sócios, se tiver). 

Caso opte por uma franquia Santa Marta, pode ter certeza do retorno certo, menos burocracia, treinamentos iniciais com a franqueadora e suporte para a operação do negócio, desde o início.

Neste caso, você também saber que há o pagamento de royalties e taxas da franquia. Apesar disso, dentre os dois, ainda é o que oferece a possibilidade de mais lucratividade (R$ 250 mil, em média).

Esperamos que nosso artigo tenha sido útil e que você consiga tomar a melhor decisão para sua entrada no mercado farmacêutico

Se ainda tem dúvidas ou quer mais informações sobre nossa franquia, entre em contato conosco. Será um prazer falar com você!

Uma resposta

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nosso site e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Santa Marta Franquia a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.