Mercado de franchising cresce e suas oportunidades com uma franquia de drogaria também! Saiba mais

Compartilhe:

Share on facebook
Share on twitter
Share on linkedin
Share on whatsapp
farmacêutico em frente à prateleira de medicamentos

O mercado de franchising, ou mercado de franquias, oferece ótimas opções de negócios para o empreendedor brasileiro. 

Apesar de o setor ter passado por oscilações durante o período da pandemia, se manteve firme e tem crescido desde que o mercado entrou nessa nova fase, de pós-pandemia. 

Prova disso são os resultados mostrados pelo Relatório de Desempenho de Franchising do primeiro trimestre de 2022, divulgado pela ABF (Associação Brasileira de Franchising), que aponta que o setor acumula o quarto trimestre consecutivo de alta. 

O sistema de franquia é um facilitador para quem quer ter sua própria empresa e apostar em seu próprio empreendimento. Vamos falar mais sobre o mercado de franquias?

O que é um negócio de franquia?

A franquia é um modelo de negócio com operações copiadas e transferidas para outros pontos comerciais, com a devida autorização de quem criou e estabeleceu esse modelo. 

Trata-se de um acordo entre duas partes, um franqueador e um franqueado, que são definidas assim:

  • franqueador: é a empresa que detém os direitos da marca e o conhecimento daquela operação. Após o acordo comercial, ela cede a sua marca, prestígio e também toda a sua expertise para a outra parte (o franqueado), fornecendo suporte nas várias fases da implementação do negócio, desde o início;
  • franqueado: é a outra ponta do negócio de franquia, composta por empreendedores, que querem ter seu próprio negócio ou por investidores, que querem aplicar seu capital em um negócio seguro e rentável e que, para isso, aproveitam o know-how da marca, utilizando a franquia como forma de empreender.

Como uma franquia funciona?

O acordo comercial entre franqueador e franqueado determina que a marca franqueadora replique o seu modelo de negócio para o franqueado, que terá uma loja igual à original da franqueadora.

Essa transferência envolve aspectos como:

  • identidade visual;
  • gestão;
  • operações;
  • divulgação; e outros tipos de suporte. 

Dessa forma, diferentes lojas têm um mesmo padrão de funcionamento e obedecem às diretrizes da loja original.

O mercado de franchising é forte

Um dos principais atrativos do mercado de franchising é a solidez desse tipo de negócio, com resultados que chamam a atenção de empreendedores.

Sem medo de parecermos repetitivos, vamos citar novamente o período pandêmico e o pós, em que o suporte dos franqueadores foi fator determinante para que os franqueados se mantivessem otimistas e tivessem orientações nesse momento tão complicado. 

Aliás, o suporte dos franqueadores é um dos pontos mais favoráveis a esse modelo de negócio, que tem se mostrado uma boa opção a investidores. 

Dentre os setores que se destacam no mercado de franchising está o farmacêutico. Para que você tenha uma ideia, uma franquia de drogaria pode render um faturamento médio de R$ 250 mil.

Além disso, esse foi um dos segmentos que se manteve estável no cenário complicado que foi o da pandemia de Covid 19. Mas há muitos outros fatores que fazem da franquia de drogaria um dos investimentos mais seguros a empreendedores, conforme veremos mais adiante. 

O que analisar antes de investir em uma franquia?

Primeiramente, é possível que deseje saber um pouco mais sobre o sistema de franquias antes mesmo de ingressar no mercado de franchising. É preciso conhecer o ambiente no qual vai investir e, é claro, saber qual será o investimento necessário.

A dica principal é que estude a marca no mercado, se tem tradição, o que ela oferece como franqueadora e quais as perspectivas de retorno do investimento.  

Você pode conversar com outros franqueados, essa é uma das melhores formas de conhecer mais sobre a franquia antes de tomar uma decisão. 

Também avalie nos sites das franquias que valem a pena, o processo necessário para se tornar um franqueado. Por fim, não tenha pressa nesse momento, afinal é fundamental escolher o melhor investimento para injetar o seu capital.

E tenha em mente uma coisa: você precisa se dedicar ao negócio. Muitos empreendedores acreditam que as franquias são mais fáceis, porque têm suporte. Porém, esquecem que o suporte é para auxiliar e não para fazer a gestão do negócio. 

Pensando em uma franquia de drogaria?

Se você está cogitando investir em uma franquia de drogaria ou se você é da área farmacêutica e sonha em ter seu próprio negócio, avalie estes pontos que vão ajudá-lo a tomar essa decisão:

1. Apoio da marca franqueadora

Com a ajuda e assessoria da marca franqueadora é bem melhor abrir seu próprio negócio. 

Considere que poderá contar com a suporte constante da franqueadora, que tem larga experiência no tipo de negócio e que é altamente qualificada para ajudá-lo no que for preciso, afinal, o sucesso não é unilateral, ele beneficia ambos. 

Sua equipe de trabalho terá orientações e treinamentos sobre as operações do negócio, assim estará bem preparada para entregar um bom trabalho e garantir um alto desempenho. 

2. Respaldo da marca

O modelo de franchising tem outra super vantagem, que é carregar o prestígio e a tradição da marca. 

Entre criar um negócio do zero e ter que se desdobrar para criar planos de comunicação, marketing e outros imprescindíveis a uma boa gestão (mesmo que contrate uma equipe, você precisará se envolver) e já ter um modelo de sucesso para implantar, o que você acha que é melhor e que dará melhores resultados? Apostamos na franquia!

Além disso, uma marca já conhecida e popular, ajuda a atrair mais clientes. O consumidor pode até gostar de uma novidade no começo, mas nunca deixa de lado a marca que conhece e que confia. 

3. Estrutura e organização

Iniciar um empreendimento com um plano de negócios já estabelecido é, para dizer o mínimo, entrar no mercado já competindo com outros grandes negócios.

Isso porque a estrutura e organização da marca que é replicada em sua loja garante que o negócio já comece com certa vantagem competitiva.

4. Segurança do capital bem investido

Voltamos a comparar quem pretende montar sua drogaria como um negócio próprio e quem opta por uma franquia de drogaria. 

Quem assume os maiores riscos? Você sabe, não?

Enquanto o negócio próprio pode demorar para se tornar conhecido e para ter a aceitação do consumidor, por exemplo, a franquia já vem de um modelo testado, que já analisou a concorrência e conhece o perfil dos clientes e potenciais clientes da marca.

Assim, optar por uma franquia de drogaria se torna mais seguro e apresenta menos riscos do que empreender por conta própria. Quer saber mais sobre franquia de drogaria? Fale com um consultor da Santa Marta Franquia e descubra como você pode aproveitar os bons ventos do setor e realizar seu sonho de ter sua própria drogaria.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.

Utilizamos seus dados para analisar e personalizar nossos conteúdos e anúncios durante a sua navegação em nosso site e em serviços de terceiros parceiros. Ao navegar pelo nosso site, você autoriza a Santa Marta Franquia a coletar tais informações e utilizá-las para estas finalidades. Em caso de dúvidas, acesse nossa Política de Privacidade.